Professor conquista o título de Mestre em Gestão Organizacional

Na manhã da quarta-feira (29), aconteceu a defesa de dissertação do professor de Direito Empresarial da UNIESSA, Virgílio Eliel Pereira. A apresentação ocorreu na Faculdade de Gestão e Negócios (FAGEN) da Universidade Federal de Uberlândia (UFU). A pesquisa intitulada “Prevenção contra a corrupção nas organizações: um estudo das fragilidades e antecedentes da corrupção no caso Odebrecht” foi avaliada pela banca composta pelos professores doutores José Eduardo Lopes (UFU), Cíntia Oliveira (UFU), Verônica Freitas (UFU) e Solon Bevilacqua (UFG).

A apresentação durou cerca de uma hora e meia e foi bastante elogiada pela banca que aprovou o trabalho e, com isso, garantiu a conquista do título de Mestre em Gestão Organizacional para o professor Virgílio. Ele destacou que cada momento vivido durante o mestrado foi importante para colaborar com o trabalho que é desenvolvido junto aos acadêmicos da UNIESSA. “O mestrado foi uma oportunidade incrível para adquirir conhecimentos que serão divididos com os meus alunos e colegas de trabalho. Foi uma experiência que marcou bastante e também uma oportunidade profissional e educacional de suma importância para toda a vida”, frisou.

Pesquisa debate crimes de corrupção

A dissertação de mestrado do professor Virgílio trata da corrução enquanto fenômeno complexo, que pode ser analisada sob diferentes perspectivas. O tema que está em evidência no Brasil foi tratado na pesquisa do professor com um olhar específico para a empresa Odebrecht, que está envolvida com a operação Lava Jato.

Dentre os resultados obtidos com o trabalho, o docente da UNIESSA confirmou que a precariedade no controle da administração pública, as características da indústria, a interferência política são alguns dos fatores externos que contribuíram para a atual conjuntura envolvendo a empresa. Quanto aos fatores internos, o professor Virgílio destacou a cultura da corrupção, a estrutura organizacional e o porte da empresa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *